sexta-feira, julho 08, 2016

Não precisa ser chato para ser sério....

Estou liderando um Programa de Transformação Digital na empresa em que trabalho. Por ser um programa transformacional e ainda, por envolver obviamente a necessidade de revermos conceitos e hábitos arraigados, existe aí um desafio razoável, pois ninguém muda ninguém, a coisa não funciona deste jeito. O que normalmente é mais efetivo, é fazer as pessoas enxergarem por sí mesmas, as vantagens da transformação e quererem, por decisão própria, apropriarem-se dos bons resultados almejados, entendendo que isso é bom para os negócios da empresa, que é bom para a gestão de suas diretorias e/ou áreas e que portanto, sendo bom para todo mundo, será bom para elas também, simples assim!
Então, se existe um grande desafio a ser suplantado, se o tema é importante e de complexa solução, trata-se de um programa muito sério, certo? Isso mesmo, trata-se de um tema seríssimo e que, na maioria das empresas, assim como na nossa, frequenta normalmente a pasta da presidência da empresa.  Então pela importância estratégica, pela complexidade e pela seriedade com que deve ser conduzido, deve ser de difícil compreensão e encarado também com a maior formalidade possível para garantir que todos levem o tema a sério certo? ERRADO!!!!
É aí que várias empresas tropeçam nas suas estratégias de implantação. O tema da vez é Engajamento, e ninguém se engaja com facilidade com o que é difícil de entender ou de difícil aceitação, em suma, o chato não atrai ninguém.
Então fica a dica, crie estratégias sérias, mas leves, de preferência que captem a atenção do público interno ou externo que pretende impressionar com a sua comunicação. Ouse ter um toque de humor, se entender que a cultura de sua empresa permite, isso poderá fazer a diferença entre um projeto de sucesso e mais um projeto bem intencionado, mas que não contou com o apoio de seus colaboradores.

Reforce seu time com colaboradores interessantes e que contribuam para que essa preocupação com a leveza e necessidade de boa recepção da mensagem seja reforçada ao máximo, ao final pode esperar por bons frutos, pois uma equipe engajada é capaz de entregar resultados que ninguém julgaria possível. Boa sorte na sua Transformação!

6 comentários:

Rogerio disse...

Concordo plenamente, um ambiente descontraído faz as pessoas liberarem seu lado criativo, além de transformar o que seria apenas um trabalho em algo prazeroso e que dê estímulo ao ser humano, hoje utilizo essas técnicas em minha organização e só tenho colhido bons frutos...

Rogerio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
@JoseAdolfo disse...

Mais um bom texto! Sua experiencia compartilhada orienta bem seus seguidores. Aguardo o proximo.

Edu@rdo Rabboni disse...

É por ai mesmo Rogério, obrigado pelo comentário. Temos mesmo que engajar cada vez mais os colaboradores de nossos projetos, sob pena de dificultarmos cada vez mais a nossa vida como condutores de iniciativas na empresa. Continue conectado, abraços

Edu@rdo Rabboni disse...

Valeu pelo comentário José Adolfo, é assim que vamos nos tornando profissionais melhores, através do compartilhamento de experiências. Abraços

Eliana disse...

Eduardo adorei seu blog. Cheguei nele quando estava procurando por empresas que já tivessem iniciado o uso do Facebook Workplace. Estou em busca de um benchmarking com empresas que já iniciaram o uso desse recurso. Se puder compartilhar a experiência da Algar comigo?